NOVA VIAGEM ÀS FILIPINAS

Estamos felizes por começar a nossa nova jornada nas Filipinas. É nossa alegria partilhar a nossa vida e as nossas atividades no noviciato continental asiático. Somos um grupo misto de culturas e nações. Quatro de nós são do Vietname, três de Timor Leste e um de Myanmar.As nossas atividades foram as seguintes:1 de outubro é a chegada das Noviças ao Noviciado Continental Asiático depois de completarem os seus dez diasRead More...

Ler mais

A MINHA EXPERIÊNCIA COMO ASPIRANTE

Queridas irmãs, queria partilhar convosco a experiência que estou a fazer na província de San Martín de Porres, precisamente na casa provincial. O meu tempo de experiência é repleto de várias atividades, tais como: tarefas comunitárias, cursos diferentes sobre a vida de São Domingos, a história da Congregação, o apostolado no Centro Hospitalar de Lisungi...Cheguei à Casa Provincial das Irmãs Missionárias Dominicanas do Rosário em 3/8/2021. Fui bem recebida pelasRead More...

Ler mais

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NAS NOSSA VIDAS

Os livros desempenham um papel importante nas nossas vidas.Hoje em dia, a leitura está a tornar-se cada vez menos popular entre os jovens e os adultos. Os jovens perderam os seus hábitos de leitura devido à influência e ao impacto das redes sociais. Preferem verificar uma conta no Facebook, tweet ou enviar mensagens do WhatsApp, ver as fotos dos amigos, publicar as suas próprias... eles preferem manter-se em vez deRead More...

Ler mais

JUBILEO, GRITO DE ALEGRÍA…

O Jubileu na tradição da Igreja é um grande evento religioso. É o ano da remissão dos pecados; é o ano da reconciliação entre adversários, de conversão e penitência sacramental e, consequentemente, de solidariedade, esperança, justiça, compromisso ao serviço do Senhor em alegria e paz com os nossos irmãos e irmãs. O Ano Jubilar é acima de tudo o ano de Cristo, portador da vida e da graça para aRead More...

Ler mais

FAZER DO MEU APOSTOLADO UM TEMPO DE PREGAÇÃO E EVANGELIZAÇÃO

Era esse o meu objetivo quando cheguei ao local das minhas práticas apostólicas em Batcham-Fiela no dia 21 de abril de 2021. De facto, o meu trabalho pastoral foi muito amplo (hospital, paróquia, bairro) e em tudo isto só desejei o bem dos meus irmãos e irmãs através do meu testemunho evangélico. No hospital eu estava encarregado de receber os doentes para tomar os seus parâmetros, esforçando-se para ser ouvido oRead More...

Ler mais

EXPLICA-ME… COMO É QUE ISTO, SE NÃO EU SEI…?

Então, como se define "COMunidade"?Dentro do normal, do dia-a-dia, surgiu uma situação fora do comum, que nos fez tremer, deixando-nos inquietas. E estávamos presas, nervosas e dispersas por causa do Covid. Com esta situação, virou a minha cabeça para o meu coração, procuro a luz, a resposta, em algo que posso entender, como o medo pode entrar na nossa vida aparentemente estável e organizada. Estávamos unidas e alegres na comunidade,Read More...

Ler mais

O “NOVO NORMAL” DA APRENDIZAGEM

Ser professora e aluno neste momento de pandemia é um grande desafio. Como professora, não é fácil se não se tem o conhecimento necessário em tecnologia. O "novo normal" de aprendizagem não é fácil no início, porque a necessária conectividade entre professores e alunos não é praticamente garantida. No que diz respeito a esta forma de educação, isso requer mais esforço por parte dos alunos e mais paciência por parteRead More...

Ler mais

O CALVÁRIO COVID

Tendo vivido as ameaças de Covid durante vários meses com a Espanha como um dos terceiros maiores relatos de mortes no mundo, foi tão alarmante e deixou-nos quase paranoicos às vezes. Foi assim que vivi aqueles dias na faculdade ou a caminho de Madrid. Foi uma experiência muito desafiante de higiene, cuidar dos outros e manter-se longe de amigos e até membros da nossa própria comunidade.Pensei que tal experiência diminuiriaRead More...

Ler mais

O GOLPE DE COVID-19 PARA A NOSSA MISSÃO DE HOJE

Inicialmente, acho este tema nada estimulante, agradável muito menos interessante de escrever, particularmente durante este tempo de pandemia, iniciado por covid-19 para o mundo global, dado que este convidado indesejado e o mais temido, inimigo trouxe para as nossas vidas quase todos os maus presságios e desastres que poderíamos ter pensado e nunca esperávamos.No entanto, permitam-me que acressse fatores positivos que certamente seriam mais funcionais, práticos e úteis para nósRead More...

Ler mais

DIGA-NOS, POR FAVOR, DIGA-NOS

A pandemia prolongada ainda está connosco há mais de um ano, afetou rapidamente o nosso dia-a-dia... Acordar todos os dias neste ambiente de quarentena e dias de bloqueio vem com incertezas e vários problemas aparecem nas nossas mentes e corações:Para onde foram todas as internas, que deixaram todos os quartos vazios?Onde estão todos aqueles sorrisos nos seus rostos inocentes?Onde estão todas as suas saudações e bons gestos quando nos encontramosRead More...

Ler mais

PRIVILÉGIOS E BENEFÍCIOS DESTRUÍDOS

Privilégios e benefícios destruídos? Podemos enfrentá-los se tivermos os valores certos e a preocupação um pelo outro. "O mal é impotente se o bem não tem medo." (Pres. Ronald Reagan).Seja da classe alta ou inferior da sociedade, muitos de nós experimentamos viver confortavelmente com os nossos bens, sem depender ou confiar na caridade. Os pobres são o nível mais vulnerável da sociedade e, como sabemos, a luta financeira está noRead More...

Ler mais

Compreender a mensagem do dia-a-dia, aprender a amar mais a minha vocação.

Os cristãos falam muitas vezes em ter uma "vocação" ou ser "chamado". Muitos de nós provavelmente estão familiarizados com histórias de "chamada" e como um indivíduo foi levado a tornar-se religioso.Nós, dominicanas, professamos obediência e abraçamos uma vida de pobreza e castidade em nome do reino. Abraçar a vocação é feito em Deus e não só para si mesmo, mas também para servir os outros. O local de trabalho ondeRead More...

Ler mais

Centenário do Mons. Ramon Zubieta y Les. O.P.

Fundadores

Madre Ascensión Nicol Goñi  

Uma mulher que deixa sua terra e seu porto seguro

“Não senti grande entusiasmo … apenas uma força irresistível me levou a me oferecer …”
Ascensión Nicol tinha 45 anos quando recebeu o desafio missionário proposto por Monsenhor Zubieta para ir para as missões na selva peruana e, assim, poder contribuir com seus dons e vasta experiência em favor da educação e treinamento das mulheres e meninas da selva. O contexto que enfrentaria seria totalmente diferente da escola Huesca, no entanto, sua profunda fidelidade, seu espírito inquieto e atento ao que Deus queria dela a levou a oferecer sua vida à causa do Reino.

Monseñor Ramón Zubieta

Missionário nas Filipinas


“Ai de mim, se não evangelizar”
Ramón Zubieta, ansioso por pregar, vive sua primeira experiência missionária nas Filipinas, é um missionário aberto, une fé e promoção humana, quer sentir e conhecer a cultura das comunidades que encontra, aprender suas línguas e costumes, dedicar um longo tempo a conversar com eles, promove a promoção da saúde, a educação e a melhoria no cultivo. Produto do movimento de independência que vivia na região é feito prisioneiro, juntamente com outros companheiros que sofrem fome, tortura e finalmente é libertado.

“A alma que se oferece como vítima, é como se dissesse a Deus: Aqui você me tem para cumprir sua vontade, aqui estou para sofrer, para amar, para me sacrificar, ficar em silêncio, não desejar nenhuma coisa além de Ti.”

Madre Ascensión Nicol Goñi